sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Rescaldo 29 de Janeiro


4 BADOXAS ANÓNIMOS
5 MONOPLÉGICOS DA FALANGETA


Em perspectiva um jogo muito frio e com muita água, pois estavam em campo a metade fraca da tabela, os Baboxas com 1 ponto e os Monoplégicos, muito fraquinhos com 0 pontos e a jogar fora. A água ficou-se pelas intenções, no que à chuva diz respeito e só o campo se encheu da mesma com as aselhices do costume, menos a chuva de golos a que os adeptos já vinham sendo habituados, do género da NBA. A incerteza do resultado manteve-se até mesmo ao final dos banhos, com grandes discussões sobre o mesmo entre chuveiros, 3-5, 4-4, 4-5. Bem o resultado seria sempre a primeira pontuação conseguida pelos All Blacks. E assim foi, vitória estóica após recontagem de golos no balneário, mas só depois do Mesquita Machado aparecer e começar a falar das últimas arbitragens…
O jogo começou bem para os Monoplégicos que se adiantaram no marcador com um primeiro golo a glorificar o lateral esquerdo, com um remate colocadíssimo e cheio de intenção (“Porra que não tenho ninguém a quem passar e pumba, biqueirada, e … Olha, que grande golo que marquei). Parabéns Tiago!! Mais outra avançada, mais remate, e novo golo!! 0-2 e glória aos pretos, que entretanto começaram a festejar e a contar feijões (“Estamos em segundo, estamos em segundo!!!”) e sem darem por ela comeram duas bolas com contra-ataques venenosos, em que até se viu o Paulo Martins a passar por jogadores pretos e a fazer passes rasgados e deixar Badoxas isolados em frente à baliza. Sentia-se o descalabro e a partir daqui há uma espécie de zombiismo colectivo, em que houve golos, mas ninguém sabia muito bem de quem, nem como.
Feitas as contas os Monoplégicos ganharam, e melhor do que isso chegaram-se aos Mancos com menos 1 ponto na classificação, o que abre excelentes perspectivas para o jogo da semana que vem. Mancos a jogar em casa têm de defender a primeira posição classificativa e Monoplégicos (mais cansados, pois têm menos tempo de descanso) a quererem vingança pela derrota em casa que sofreram a 15 de Janeiro.

Despeço-me com estima e amizade até à próxima jornada da FANQaGAME League.

6 comentários:

digs disse...

A prosa está coerente, mas permita-me mais um ponto:
Os Badochas, como já vão habituando seus ilustres adeptos e net-espectadores, tendo em conta a inferioridade física do plantel optaram, e muito bem, pelo esforço do colectivo. Foi com essa garra e dedicação que, mesmo a perder, sairam das 4 linhas com o orgulho em alta.
Parabéns Badochas!
Vamos para a 2ª volta com a força anímica no máximo e o espírito renovado.

nobhu disse...

Já agora um bem haja ao nosso Zé Julião que foi avistado no final do jogo a indagar pelo resultado, justificar a ausência por se encontrar em tratamentos com banhos de vinho e chocolate, e a promessa de voltar na semana que vem para a jornada escaldante...

Paulo Martins disse...

Eu devo dizer que estou deveras emocionado por ver o meu nome a aparecer em ressalva nas crónicas da imprensa, pela primeira vez. Por acaso pensei que fosse referido para a taça do FDPCC.Aliás pensei que já a tinha nas mãos, mas isto só serve para me motivar ainda mais perante o mister e mostrar que pode continuar com o meu esforço e dedicação extrema para as próximas convocatórias.E viva os badoxas!!!

zbark disse...

Eu culpo a bola, já que tem que haver sempre 1 culpado. Ontem foi futebol aparentemente mal jogado, mas em que o colectivo está mais inteligente, maturo e compacto (a espaços) . tudo porque havia jogadores novos e sobretudo porque a bola cola melhor ao pé e permite levantar a cabeça. já não é só 'bola pra frente e fé em deus', como em novembro!
defendeu-se muito e houve alguma falta de inspiração dos goleadores, por isso houve poucos golos. parabéns pela nova bola. A liga melhorou muito!
**Nota + para Edgar e para ao Tiago Pinto.
**Nota - para o facto de a liga não ser bi-semanal.
**Nota xXx para Biatraz Batida, seja lá quem for, homem, mulher, ambos ou null.
**Nota de rodapé: os Monopléicos ainda vão ganhar o caneco!

Ass: Rui Santos

Ricardo Cabaça disse...

Concordo com o meu companheiro de equipa, o Diogo disse tudo! O nosso colectivo esteve de parabéns e certamente que aprendeu com os erros cometidos. Agora é levantar a cabeça e pensar já no próximo jogo, o campeonato é longo e ainda temos uma palavra a dizer. O mais importante não foi o resultado em campo, mas sim termos ganho uma equipa.

ed disse...

Sempre achei o Rui Santos profundo conhecedor das quatro linhas, mais os rectângulos da grande área, mais a circunferência ao centro e aqueles quarto de circunferência nos cantos,ah e os pontinhos da marca de grande penalidade, ele percebe realmente muito de futebol e a menção do meu nome numa nota+ da sua autoria nada tem a ver com este elogio. Ele percebe muito de futebol, mesmo, mesmo.